quinta-feira, 2 de maio de 2013

Casamento x Crise? Recomece!

Fiquei um tempão pensando como eu começaria esse texto e daí decidi por um desabafo, que de repente pode não ser apenas o meu. Olhei para o lado e me deparei com vários casamentos em crise, pensei: o que está acontecendo? Lembrei-me da minha história, quando casei a primeira vez achava tudo maravilhoso, os jantarezinhos românticos que eu preparava, os filminhos que escolhia pra passar horas juntinhos, vinhozinhos e por aí vai. Até que os anos foram passando e minhas tentativas em manter a relação acesa foram ficando sem sentido porque não havia reciprocidade, veio à frustração, e com ela o desgaste. Resultado? Um dia parei e decidi dar um basta! Não queria mais aquela relação, não queria ter ao meu lado alguém com quem eu não me identificava e que não achava minhas conversas interessantes, não me elogiava como antes, não me fazia rir e principalmente não compartilhava dos mesmos sonhos que eu. Estava estagnada e pedi o divórcio.  Sabia que seria uma decisão difícil ainda mais quando se tem uma filha (no meu caso), mas era necessária.
Eu tinha razão quando pensei que seria difícil, porém uma relação não é constituída de um, onde apenas um se doa, ama, sonha, luta pra dar certo, se não há duas pessoas na mesma sintonia não é relação. Se ambos não se unem pra restaurar a partir do que está errado não tem como dar certo, porque casamento é feito de dois constituindo um só.
Depois da separação passei meses frustrada, decepcionada, me achando incapaz, achando casamento uma instituição falida e sem nexo, fechada ao mundo, às vezes tinha vontade de viver, outras vezes o desejo era de morte, estava convicta de todos os homens seriam iguais. Mas para minha felicidade e para a renovação do meu coração eu estava enganada ao cubo, as pessoas não são iguais, isso incluem os homens. E por finalmente conseguir raciocinar novamente e perceber que os homens realmente não são iguais que me redescobri e redescobri a possibilidade de amar novamente da maneira que sonhara outrora. O mundo não acaba quando uma relação não vai bem, a vida não se finda juntamente com um casamento que acaba, ao contrário de tudo isso é possível recomeçar uma nova história, renovar a vida e as relações. Hoje estou convicta que tomei a decisão certa e que é preciso ter força interior e se amar principalmente quando se é preciso recomeçar, porque não é fácil mais é compensador quando se busca realmente ser feliz.